quarta-feira, 4 de junho de 2014

Estados Unidos>>Ex-policial que matou alce amado por comunidade é condenado

 
Sam Carter posa com o alce abatido - Foto: AP
Quando ainda era policial, Sam Carter matou um alce em Boulder (Colorado, EUA) e posou para fotos. Só que aquele não era um alce comum. Big Boy era amado pela comunidade, que realizou marchas em protesto pela morte, fez vigílias com orações pelo animal e até compôs uma canção em tributo ao pet falecido.

Sam acabou preso e julgado pela morte do alce. Na terça-feira (3/6), um júri o considerou culpado e o ex-policial pode pegar até seis anos de prisão.

Jessica Sandler, ativista dos direitos dos animais em Boulder, aplaudiu o veredicto.

"É tão raro que um animal tenha justiça em nosso sistema legal", disse ela ao jornal "The Daily Camera".

O ex-policial se defendeu afirmando ter matado Big Boy porque ele havia se tornado perigosamente domesticado, ameaçava a população e estava assustando os cães da região.

O ex-policial no banco dos réus - Foto: AP
Para os promotores, entretanto, a morte foi apenas o resultado de uma caçada feita por um policial que usou a sua posição como homem da lei para ter um troféu ilegal.
Depois de matar o alce, Sam forjou um cenário que dava a entender que o alce havia sido atropelado.

-Quanta covardia e impiedade com o animal. Além de assassino, um mentir por forjar a morte do animal por atropelamento.

http://oglobo.globo.com/blogs/pagenotfound/

http://trivialdiario.blogspot.com.br/2014/05/voce-se-lembracasais-dos-desenhos.html

0 comentários :

Postar um comentário