sexta-feira, 25 de julho de 2014

Espanha>>Desenganada, mulher prepara funeral e descobre erro no diagnóstico


Denise Clark - Reprodução/Facebook (Denise Clark)
Quando soube que tinha um "câncer terminal" há dois anos, Denise Clark começou a se despedir dos seus dois filhos. Ela preparou seu próprio funeral, escreveu cartas de despedida para seus filhos e familiares e gastou R$ 30 mil em um tratamento alternativo para a doença em uma clínica na Espanha.

A expectativa de Denise era que o tratamento pudesse prolongar seu tempo de vida com os filhos, porém a cada dia ela se sentir melhor e decidiu passar por um novo check-up.

Para a surpresa (e felicidade) de Denise, ela descobriu que o diagnóstico de câncer no colo do útero estava completamente errado e o que ela tinha, na verdade, era um dano no local causado pela intensa radiação à qual foi submetida com a quimioterapia, no início do tratamento da suposta doença.
Os filhos de Denise: Harvey, de 10 anos, e Luca,
de 4. Reprodução/Facebook (Denise Clark)
Em entrevista ao "Daily Mail", Denise contou sobre a angústia que vivera desde 2010, quando recebeu o diagnóstico devastador.

"Eu preparei meu próprio funeral, escrevi cartas de despedida para os meus filhos. Eu estava arrasada. Ouvir que tudo não passou de um 'engano' foi maravilhoso, mas ninguém vai me dar os dois anos que eu perdi".
O diagnóstico errôneo fez com que Denise contraísse dívidas para pagar pelo tratamento, se separasse do marido e ainda desenvolvesse uma insuficiência renal aguda.

Denise está processando o hospital Aberdeen Royal Infirmary, em Aberdeen (Reino Unido). Ela pede uma indenização de cinco dígitos, segundo o "Daily Mail". O hospital ainda não se pronunciou sobre o caso.

"Tudo o que eu quero agora é ver os meus filhos crescerem", comentou.


(Texto: Ana Clara Otoni)

-Ao menos essa historia terminou bem.

http://oglobo.globo.com/blogs/pagenotfound/

http://trivialdiario.blogspot.com.br/2014/05/voce-se-lembracasais-dos-desenhos.html

0 comentários :

Postar um comentário