quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Estados Unidos>>Casamento de homem de 95 anos com mulher de 96 pode ser anulado

Edith e Eddie - Foto: AP
Recentemente, Eddie Harrison, de 95 anos, casou-se com Edith Hill, de 96, em Alexandria (Virgínia, EUA). Eles se conheceram dez anos atrás na fila de uma casa lotérica e tiveram sorte: um dos bilhetes comprados foi premiado: US$ 2.500 (R$ 5.600). Desde então os dois se tornaram inseparáveis. Este ano, decidiram oficializar a união. 

"Acho que eu quis companhia. Eu queria alguém que eu pudesse ajudar, e que pudesse me ajudar. Éramos solteiros. Meu marido tinha morrido. Sua esposa, também. A gente se tornou melhores amigos", disse Edith, de acordo com reportagem da agência AP. 

A animação é compartilhada por Robin Wright, neta de Edith: 

"Você os pega se beijando o tempo todo. Eles estão apaixonados. Realmente se amando. Eu sei que ele é uma das razões pelas quais ela acorda toda manhã". 

Mas a alegria pode ser interrompida pela Justiça. Um juiz disse que Rebecca Wright, filha de Edith, agiu de forma imprópria ao levar a sua mãe para se casar com Eddie. De acordo com o magistrado, Edith foi declarada mentalmente incapaz anos atrás, o que a impediria de se unir legalmente com alguém. 

"Qualquer pessoa que queira se casar deve ser um pouco demente", defendeu-se Rebecca. 

Na verdade, Rebecca luta contra a própria irmã, Patricia Barber, que se opõe ao casamento. Ela alega que a união foi realizada sem o consetimento da família. 

Edith tem uma residência em Alexandria avaliada em mais de R$ 1 milhão. A propriedade seria um dos motivos para a disputa judicial entre as irmãs. 

"Legalmente, o sr. Harrison (Eddie) tem direito a uma parte dos bens da sra. Hill (Edith)", afirmou Cary Cuccinelli, que representa a filha da idosa que se opõe ao casamento. Segundo ela, a situação complica as decisões da família sobre quem vai cuidar de Edith, que apresenta sinais de demência, e onde ela vai viver. 

O caso será analisado nas próximas semanas. O juiz James Clark crê na ilegalidade do casamento, mas também considera que a sua dissolução possa "criar uma circunstância na vida da sra. Hill que ela não merece".

http://oglobo.globo.com/blogs/pagenotfound/

0 comentários :

Postar um comentário