quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Estados Unidos>>Gato é salvo após receber sangue de cão

Buttercup  - Divulgação/Marathon Veterinary Hospital 
Com algumas exceções, cão e gato não são melhores amigos. Mas um veterinário em Key West (Flórida, EUA) recorreu ao sangue de um cão para salvar um gato que precisava urgentemente de uma transfusão. 

O procedimento raro, conhecido como xenotransfusão, faz com que gatos continuem a gerar glóbulos vermelhos após receberem sangue de cães. O responsável por ele foi Sean Perry, do Marathon Veterinary Hospital. 

O veterinário decidiu adotar a transfusão incomum depois que o nível de glóbulos vermelhos em Buttercup caiu drasticamente (7%, quando o normal está acima de 35%) e deixou o gato letárgico em meados de setembro. 

Como não havia sangue de gato estocado, a alternativa foi apelar para o sangue canino, da raça greyhound, cuja reserva estava garantida no hospital veterinário, de acordo com o site "KeysInfoNet".
O gato durante a transfusão - Divulgação/Marathon Veterinary Hospital
Buttercup não apresentou sinais de rejeição durante a transfusão. Sean contou que, de acordo com a literatura veterinária, gatos são os únicos animais capazes de receber sangue de cães, além dos próprios cães. 

Segundo a US National Library of Medicine, há apenas registro de 62 felinos que conseguiram  passar pela xenotransfusão. Depois do procedimento, sistema imunológico do gato produz um anticorpo específico que afasta ameaças. 

O gato apresentou melhora após a transfusão e, com ajuda de antibiótico, está mais ativo. Veterinários ainda estudam por que a contagem de glóbulos vermelhos estava tão baixa.

http://oglobo.globo.com/blogs/pagenotfound/

0 comentários :

Postar um comentário