quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Estados Unidos>>Atleta escreve carta de despedida para perna antes de amputá-la

Uma americana sobrevivente ao ataque com bomba na maratona de Boston (EUA) em 2013 escreveu uma carta de despedida para a própria perna antes de amputá-la. 

Rebekah Gregory DiMartino (foto ao lado), de 27 anos, deve ser a 17ª atleta a precisar amputar a perna após o atentado de abril de 2013, segundo o "Boston Globe".






"Eu sou uma sobrevivente", diz a placa segurada por Rebekah. 
Fotos: Reprodução/Facebook (Rebekah Gregory)
Rebekah passou por 15 cirurgias, mas ainda assim precisou amputar o membro. A texana, que tem um filho, escreveu em seu Facebook: 

"Eu sinto como se você estivesse me travando e impedindo de usar todo o meu potencial. Eu amo você. Eu realmente amo. Mas eu acho que eu preciso começar a nova 'perna' da minha jornada", escreveu a americana.

E ainda acrescentou: "Adeus, perna!!!".
Acompanhada das amigas e da família, Rebekah escolheu decoração especial para as unhas antes da cirurgia.Fotos: Reprodução/Facebook (Rebekah Gregory)

Antes de passar pela cirurgia, Rebekah fez as unhas do pé com uma decoração temática em celebração à sua vida. Bem humorada, ela ainda escreveu na perna: 

"Não é você, sou eu".
Rebekah escreveu em sua perna "Não é você, sou eu" para justificar
 o "fim do relacionamento com a perna". Foto: Reprodução/Facebook (Rebekah Gregory)

Após a cirurgia, Rebekah desabafou: 

"Eu olhei para baixo e vi que a minha perna já era, mas eu não tem nenhum pingo de tristeza no meu coração. Tudo o que tinha me estressado desde abril de 2013 acabou, agora estou começando um novo capítulo na minha vida".
Após a cirurgia, Rebekah continuou atualizando seu perfil no Facebook 
para comunicar aos amigos que estava bem. 
Fotos: Reprodução/Facebook (Rebekah Gregory)

Leia a carta na íntegra:

"Olá sou eu. 

Eu tenho certeza que não vai ser nenhuma surpresa para você se eu disser que a gente tem crescido de modos separados. O amor que nós já tivemos diminuiu, e essa relação tornou-se um verdadeiro fardo na minha vida. Passamos por muitas coisas juntas. Vimos um monte de lugares, fizemos várias coisas, e você me ajudou a superar etapas muito difíceis em minha vida até agora. Eu prometo sempre valorizar isso. E eu não estou dizendo que isso não é difícil pra mim. É. Mas por mais difícil que seja, eu sinto como se o nosso tempo juntas tenha chegado ao fim. Eu preciso sentir que ter uma relação com você diariamente me faz uma pessoa melhor. E até agora não é assim que eu tenho me sentido. Pelo contrário, eu sinto como se você estivesse me travando e impedindo de usar todo o meu potencial. Agora eu sei que deve ser difícil ouvir tudo isso de mim, eu nunca menti para você e não pretendo começar agora. O que eu quero é algo que você não pode mais me dar. E a empatia que você necessita eu não posso mais ter. Eu amo você. Eu realmente amo. Mas eu acho que eu preciso começar a nova 'perna' da minha jornada. Enfim, depois disso tudo, você vai ganhar um presente e espero que goste. Vamos à pedicure hoje e, amanhã, bem...amanhã você vai estar cortada da minha vida. 
Desejo tudo o de melhor onde quer que você termine. 

Rebekah". 

Otimista, Rebekah planeja correr a maratona de Boston de 2015 com uma prótese.
Na cadeira de rodas, Rebekah foi à Maratona de Boston deste 
ano acompanhada da enfermeira. Foto: Reprodução/Facebook (Rebekah Gregory) 

(Texto: Ana Clara Otoni)

http://oglobo.globo.com/blogs/pagenotfound/

0 comentários :

Postar um comentário