quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Imagem do Dia>>Britânico que virou jihadista posa com fuzil e bebê

Reprodução/Twitter
Um britânico de origem indiana que se juntou ao grupo extremista Estado Islâmico na Síria postou nesta quarta-feira (26/11) uma foto em que aparece segurando um bebê, que diz ser seu filho, e um fuzil:

Recentemente, Siddhartha Dhar, que havia se convertido ao islamismo e adotado o nome de Abu Rumaysah, deu entrevista à CBS. Ele disse à repórter Clarissa Ward, da emissora americana, que não podia amar a própria mãe porque ela não era muçulmana. 

Siddhartha foi preso em 25 de setembro em uma operação que teve como alvo suspeitos de ligações com grupos extremistas. Solto sob fiança, o britânico não cumpriu as exigências policiais e decidiu deixar o Reino Unido. 

No Twitter, o jihadista zombou das forças policiais britânicas por "o deixarem atravessar a Europa até chegar ao Estado Islâmico".

"Meu Senhor (Alá) fez piada da inteligência e da vigilância britânica", acrescentou.

Estima-se que cerca de 500 britânicos tenham se juntado à jihad (guerra santa) promovida pelo Estado Islâmico, que tenta fundar um califado no Oriente Médio e no Norte da África.

0 comentários :

Postar um comentário