terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Emirados Árabes>>Mulher é presa por desafiar proibição de dirigir

Lujain Hathlul - Reprodução/Twitter
Uma mulher que tentava entrar dirigindo um carro na Arábia Saudita foi presa na segunda-feira (1/12) em posto de fronteira nos Emirados Árabes Unidos. 

"Estou na fronteira há quase 24 horas. Não querem me devolver meu passaporte, nem me liberar", escreveu Lujain Hathlul nesta segunda-feira, em sua conta no Twitter. Após isso, as mensagens de Lujain pararam. 

Mulheres não têm permissão para dirigir na Arábia Saudita. Apesar de campanhas contrárias, autoridades mantêm a proibição e dizem que "punirão com rigor as regras contra os que contribuem para a violação da coesão social". 

Maysaa Alamudi, jornalista dos Emirados Árabes Unidos que foi ao local onde Lujain foi presa, também acabo detida por policiais de fronteira, de acordo com a agência France Presse. 

"Eles transferiram as duas para uma agência de investigação da polícia saudita", disse uma ativista.
Lujain Hathlul - Reprodução/Twitter
Os opositores da proibição alegam que não há qualquer impedimento nos textos sagrados do islamismo. A Arábia Saudita é o único país do mundo onde as mulheres não têm o direito de dirigir. 

Recentemente, um movimento feminino de desafio à lei vem crescendo (leia mais). Na contramão, um líder religioso saudita afirmou que mulheres que dirigem geram crianças com problemas de saúde.

Em 2013, um abrandamento da lei passou permitir que as sauditas pilotem bicicletas, motocicletas, triciclos e quadriciclos (como os da foto abaixo, feitas em parque nos arredores de Riad) .Mas as mulheres só poderão pilotar em áreas restritas à recreação e usando as tradicionais vestes islâmicas. Além disso, elas deverão, segundo a agência AFP, estar acompanhadas de um parente do sexo masculino.
Foto: AFP

http://oglobo.globo.com/blogs/pagenotfound/

0 comentários :

Postar um comentário