segunda-feira, 5 de setembro de 2016

O Casal da Semana é:

Olá para todos! Escolhemos mais um "Casal da Semana - Nova Temporada!". Semanalmente em todas as segundas, será escolhido um casal entre os 18 do Especial Casais de Desenhos Animados Parte 13.1 e 13.2. E hoje já temos esse casal sorteado! O 7º Casal da Semana sorteado é:
Hotel Transilvânia - Jonathan e Mavis

Jonathan é um típico jovem de 21 anos, que curte uma boa aventura. Muito confiante, não perde tempo em casa, mas sim, viaja pelo mundo inteiro com a sua mochila. Sua curiosidade, vontade de viver e otimismo, são suas características mais marcantes, além de ser um rapaz que fala demais (talvez esse ultimo seja seu maior defeito); Porém seu otimismo e boa índole são capazes de permitir a Jonathan, a fazer grandes amigos aonde passe, e isso também aconteceu enquanto esteve pela primeira vez no Hotel Transilvânia.  
Outra grande característica da personalidade de Jonathan é a sua paciência com qualquer pessoa que conheça. Mesmo que ele pareça ser uma pessoa irritante e com pouca inteligência, suas características anteriores já citadas fazem com que ele seja muito respeitado, além de ser um homem de palavra, cumprindo todas as suas promessas, mesmo que ele não queira cumprir. Mesmo se aproximando dos 30 anos no segundo filme, Jonathan permaneceu o mesmo, embora tenha ganhado um lado mais dissimulado, graças ao nascimento de seu filho Dennis. Ele ama viver em Transilvânia, principalmente no Hotel gerido pelo Conde Drácula, que viria a se tornar seu sogro, graças ao casamento de Jonathan com a filha de Drácula: Mavis, no qual de fato, é o amor de sua vida. A aparência de Jonathan é muito simples: ele possui um cabelo ruivo desgrenhado, é um cara alto e magro, veste uma camiseta verde e amarela (apresar de não ser brasileiro), usa uma camisa de manga longa de cor alaranjada por baixo da camisa verde e amarela, bermuda bege e um tênis. A cor de Jonathan é branca, e as cores de seus olhos são castanho claro, assim como o do seu cabelo. 

Mavis é uma bela vampira de 118 anos teimosa, inteligente, curiosa, independente, muito sincera, amável e gentil. Boa parte do tempo sua fala é mansa, além de ser uma moça muito inocente. Mavis quer adquirir um pouco de independência e confiança de seu pai (o Conde Drácula) e, muitas vezes acaba ficando entediada dentro do Hotel, que Drácula havia construído para abrigar todos os monstros do mundo e principalmente sua única filha (que é Mavis) dos humanos. Ela sonha em explorar o mundo e experimentar todas as imagens e sons que o mundo tem para oferecer, e tudo se torna realidade quando ela conhece Jonathan.

Ela também está sempre disposta a ajudar alguém, mesmo que sua própria vida esteja em perigo. No segundo filme, depois de se tornar uma mãe, e agora com 125 anos, Mavis começa a adotar algumas novas características como ser uma mãe super protetora e muito apegada a Jonathan (que agora é seu esposo) e principalmente pelo seu filho (Dennis), raramente deixando-o de lado e querendo se mudar para a Califórnia com Jonathan e Dennis, a fim de seu filho possa crescer em um ambiente seguro e com outras crianças ao lado dele. Ao contrário de seu pai, ela não se importa que Dennis não fosse um vampiro e o aceita pelo que ele é...mas fica muito feliz quando descobre que Dennis é um híbrido (é um humano, misturado com vampiro), perto do final do segundo filme. 

Mavis tem pele clara, belíssimos olhos azuis e um cabelo curto preto com franja. Ela usa um vestido de gola alta preta com longas luvas sem dedos, calças listradas nas cores pretas e vermelhas. Ela usa um batom preto combinado com suas unhas. Assim como seu pai Drácula e como todo vampiro, ela aprendeu a habilidade de se transformar em morcega, e pode fazer isso na hora que quiser.

O filme Hotel Transylvania (No Brasil: Hotel Transilvânia) lançado em 2012, começa a história em 1898, e mostra o grande carinho e apreço de Drácula pela sua única filha Mavis, desde quando ela era bebê. Sendo um pai divertido, engraçado e super protetor desde a morte de sua esposa Martha, ele faz com que ela tema os humanos. Enquanto ensinava Mavis a voar (os dois estão tranformados em morcegos), ele recebeu a notícia de que a construção do seu luxuoso e de 5 estrelas Hotel Transilvânia havia ficado pronto. Serviria perfeitamente como um santuário onde Drácula poderia criar sua filha em paz e para abrigar todos os mais variados monstros do mundo nas férias. O filme avança para o ano de 2012, mostrando monstros de todo o mundo chegando para o aniversário de 118 anos de Mavis, que assim como o pai, não envelhece, estando com uma aparência de uma jovem de 18 anos. Como presente, Drácula permite que Mavis vá a uma aldeia de humanos nas proximidades por 30 minutos, coisa que ele havia prometido a Mavis fazer 30 anos antes. Só que isso fazia parte de um plano feito por Drácula. Acontece que Drácula disfarçou seus mordomos zumbis em humanos para assuntar Mavis e fazer com que ela ficasse ao lado de Drácula, protegida para sempre. E acabou dando certo.

Mas tudo mudou quando mais tarde, Drácula ficou chocado ao avistar a entrada de um jovem ser humano no Hotel. Drácula rapidamente tenta prender o tal ser humano na porta giratória do hotel, fazendo a ele algumas perguntas. O jovem se apresenta dizendo que seu nome é Jonathan. Drácula tenta se livrar de Jonathan, mas não dá certo, pois tem muitos monstros no Hotel. Drácula não poderia matar Jonathan pois – segundo palavras do próprio Drácula – “não seria politicamente correto”. Então ele resolve disfarçar Jonathan em um membro da família Stein (a mesma do famoso monstro Frankstein).

Em seguida, Jonathan acaba esbarrando em uma vassoura voadora, que está sem controle, e acaba colidindo de frente com Mavis. Quando os dois se olham pela primeira vez, acontece o que é nomeado no filme como “ZING!” (na tradução brasileira, esse termo recebeu o nome de “Tchan!”). Esse “Zing” (ou Tchan!) é um sentimento especial acontece uma vez na vida, quando uma pessoa encontra o amor de sua vida. Uma rápida luz rosa brilha nos olhos das tais pessoas. E de fato, quando Mavis e Jonathan se viram pela primeira vez, foi amor a primeira vista.



Mavis pergunta quem é o rapaz misterioso, e Drácula obviamente inventa uma história, dizendo que Jonathan é uma pessoa que ele recrutou para melhorar a festa de aniversário já que Jonathan e Mavis “tem a mesma idade”. Mais tarde, quando Drácula tentava arrumar um jeito de Jonathan ir embora sem que ninguém percebesse, eles acabam encontrando Frank (um frankstein), Murray (uma múmia), Griffin (um homem invisível) e Wayne (um lobisomem) que são grandes amigos de Drácula. Frank pondera sobre quem é Jonathan, e ele responde que é o primo do braço de Frank, que fica cético no início sobre isso, mas depois fica muito feliz por saber que “tem um primo”. Frank, Murray, Griffin e Wayne estavam tentando compor uma musica, e Jonathan então criou uma canção para Mavis, impressionando ela e a multidão de monstros, que começara a dançar.


Mais tarde na piscina, é notório que Mavis está gostando da companhia de Jonathan, que está em êxtase e muito empolgada ao ouvir sobre as viagens que Jonathan fez em várias partes do mundo. 

Porém, Drácula mais uma vez chama Jonathan e ordena que ele simule uma lesão nas costas para poder ir finalmente embora. Mais tarde, Drácula leva Jonathan para a fronteira do cemitério próximo ao Hotel, e ordena para que Jonathan vá embora. Por sua vez, Jonathan se defende, dizendo que desde que ele chegou, a festa de Mavis estava enfim ficando divertida. Drácula tenta usar seu poder de hipnotismo para fazer com que Jonathan esqueça a localização do Hotel e nunca mais volte, no entanto ele falha, pois Jonathan estava usando lentes de contato. Drácula ordena que Jonathan vá embora e nunca mais volte.

Só que em seguida, Mavis se encontra mais uma vez com Jonathan e o convence a ir com ela ao telhado do Hotel. Jonathan fica encantado com a visão, e diz que dali onde estavam podiam ver uma cidade americana chamada Budapeste. Mavis fica impressionada com o conhecimento de Jonathan sobre o mundo e fica um pouco triste sobre o fato de nunca ter ido a lugar nenhum além do Hotel. Quando Jonathan vê que Mavis está observando de forma impressionada o nascer do sol (é o primeiro nascer do sol que Mavis está vendo em 118 anos de vida), ele segura carinhosamente nos braços de Mavis para que discretamente ela recue a sua posição para que ela não seja queimada pelo sol (já que a mesma é uma vampira).

Mais comenta que o nascer do sol é a coisa mais incrível que ela já viu. Só que o momento a sós entre Jonathan e Mavis foi interrompido quando ele caiu ao pisar em uma parte fraca do telhado, pousando sobre Drácula, que estava na sauna com seus amigos.

Ainda ranzinza com a presença persistente de Jonathan no Hotel, Drácula ordena que ele apenas arrume as mesas do salão de festas para a festa de Mavis. Jonathan descobre que as mesas são mágicas, e que se movem através do comando de voz, e decide flutuar em uma delas. Irritado, Drácula trava a mesa, fazendo com que Jonathan caia. É a partir desse momento, que Drácula e Jonathan começam a se dar bem, e começam a rir/divertir ao montarem nas mesas flutuantes e apostarem corridas ou fazer perseguição um com o outro. 

No entanto, Jonathan desaparece, e Drácula vai procura-lo. Para seu azar, ele se encontra com Mavis, que também estava procurando Jonathan. Em seguida Drácula perguntou pra Mavis se ela gostava de Jonathan, ao que ela responde sem jeito que acha ele “adorável”. Drácula tenta convencer Mavis de que não existe amor na idade dela, mas ela lembra Drácula que sua falecida mãe tinha se apaixonado por ele na mesma idade que Mavis tem atualmente. Mavis está convencida que vai se casar já que não pretende viver no Hotel para sempre. 

Minutos depois, Drácula descobre que o cozinheiro do Hotel de nome Quasímodo sequestrou Jonathan para servi-lo na janta. Para a sorte de Jonathan, Drácula interveio e usou seu poder de congelar para paralisar o cozinheiro. Depois desse episódio, Drácula e Jonathan começam a rir, e de fato agora, não estão mais brigando. É nesse instante que Drácula revela um segredo bem intimo para Jonathan, sobre a morte de sua esposa e do porque querer proteger tanto a  sua filha. Drácula explica para Jonathan que os seres humanos mataram sua esposa, e que construiu o Hotel para abrigar Mavis deles. Ele ainda diz para Jonathan que Mavis está apaixonado por ele, e pensa que o relacionamento entre eles poderia ser possível se o mundo fosse diferente, já que Drácula percebeu que Jonathan é uma boa pessoa.

Jonathan explica para Drácula que as pessoas do século XXI são diferentes, e após analisar toda a história de Drácula muda de ideia e decide deixar o Hotel. No entanto, Drácula o convence a ir embora depois da festa, e alegrar Mavis em seu aniversário. Naquela noite, todos os hóspedes estão no salão de festas e dizem a Drácula que a festa está muito boa. Drácula se junta a multidão e começa a dançar, para delírio de todos. Enquanto isso, Mavis e Jonathan estão dançando freneticamente, quando de repente Mavis para e olha apaixonadamente para Jonathan, que a olha também.

Ela começa a ir devagar com o semblante de menina apaixonada em direção a Jonathan, que parece recuar.

Ela chega ainda mais perto de Jonathan, ao ponto de ficarem bem próximos, ainda com Jonathan meio receoso.

Até que o inevitável acontece, Mavis beija Jonathan, que parece meio desconfortável no início, mas depois parece que gosta do beijo.

Drácula olha olha chocado e cerca Jonathan, acreditando que ele que beijou Mavis. Ao fundo podemos observar Mavis satisfeita com o seu primeiro beijo

Mavis revela que quer dar mais uma chance ao mundo exterior, depois de ter sido inspirada pelas varias viagens que Jonathan fez. No entanto, Drácula acidentalmente revela que ele havia construído a cidade que ela visitou na noite anterior, para assustá-la e fazer com que ela ficasse no Hotel. Mavis fica muito chocada ao ouvir isso, e fica decepcionadíssima com o seu pai. Para piorar a situação, o cozinheiro Quasímodo, mesmo ainda paralisado, consegue revelar que Jonathan não era um monstro, mais sim um humano, para desespero de todos os monstros que começam a sair correndo.

Mavis olha de forma a parecer decepcionada com Jonathan.

Mas para surpresa, Mavis abraça Jonathan dizendo que não se importava que Jonathan fosse um humano, e revela que mesmo assim ama ele. 

Embora muito feliz e satisfeito em ouvir isso, Jonathan olha e observa Drácula preocupado. Nesse momento Jonathan lembra do desejo de Drácula em manter Mavis segura, e tem uma difícil decisão. Para manter Mavis no Hotel, Jonathan mente para Mavis, dizendo que não a ama, dizendo que odeia monstros. Antes de voar para o seu quarto, de forma irritada Mavis culpa Drácula.

Mais tarde, Drácula vê Mavis no telhado, ainda muito triste. Mavis pede para Drácula apagar Jonathan da sua memoria, mas ele se recusa. Mavis mostra a Drácula o livro que Martha havia deixado, para que Mavis só abrisse quando completasse 118 anos. Nesse livro mostra como Martha e Drácula se conheceram e como aconteceu o "tchan!" (ou "Zing!", como queiram) entre eles. Mavis revela que pensava que tinha ocorrido o mesmo sentimento entre ela e Jonathan, e completa de coração partido que não há mais razão para deixar o Hotel. 

Drácula percebe que arruinou a única chance de Mavis ter seu amor verdadeiro. Com isso ele pede ajuda de Frank, Murray, Griffin e Wayne para trazer Jonathan de volta. Apesar de não aceitarem de primeira, eles acabam ajudando. Com a ajuda do super faro de uma das filhas de Wayne, chamada Winnie (vamos falar muito dela no próximo casal desse especial, aguardem!), ela deduz que Jonathan vai deixar a Transilvânia em um voo comercial das 8h da manhã.

Drácula gentilmente agradece a doce Winnie, e junto de Frank, Murray, Griffin e Wayne vão ao aeroporto, já que faltam apenas 15 minutos para o voo de Jonathan decolar. Eles tem que passar no meio da cidade com humanos, mas ficam surpresos quando percebem que os humanos não mais os odeiam, mas sim, acham os monstros incríveis, e até o idolatram. Tanto que até estava acontecendo um festival dedicado a eles, principalmente a Drácula. Frank explica que Drácula precisa chegar ao aeroporto, e várias pessoas usam suas capas para proporcionar sombra para Drácula em todo o caminho para o aeroporto.

O voo de Jonathan ergue o voo, mas Drácula não desiste. Transformado em morcego em plena luz do dia, sem proteção pois o sol estava o queimando aos poucos, e arriscando a sua vida, voo em direção ao avião. Jonathan vê Drácula pela janela, mas eles não conseguem se ouvir. Então Drácula usa mais um dos seus poderes de hipinose para se comunicar pelo piloto da aeronave, explicando para Jonathan que cometeu um erro terrível ao separar ele de Mavis e que Drácula quer ver ela feliz, ao lado de quem ela ama, que é Jonathan. O avião retorna ao aeroporto, ainda sendo guiado por telepatia, controlando um dos pilotos.

Em seguida, já perto do final do filme, Drácula aparece no quarto de Mavis pela janela, com muitas queimaduras. Mavis fica preocupada, mas Drácula começa a se regenerar aos poucos. Enquanto isso acontecia, ele explica para Mavis que pensou que seria terrível chegar no dia em que Mavis deixasse o Hotel, no enquanto agora sabia que ver a infelicidade dela era ainda pior. Em seguida ela dá a Mavis uma mochila de viagem rosa como presente de aniversário. Mavis pergunta para Drácula o que ela iria querer com isso. Para a surpresa dela, Jonathan está pendurado na mochila!

Jonathan explica para Mavis que o "Zing!" (ou "tchan!", vocês decidem) que ela havia sentido por ele era mútuo, e que a razão para que ele dissesse anteriormente que odiava monstros, era porque Drácula iria chupar o seu sangue, caso não fosse embora. Comicamente, Drácula nega, mas depois confessa que sim. Em seguida, Drácula diz para Mavis (emocionada) que ela deve procurar a sua felicidade, ao lado de Jonathan. Mavis e Jonathan tentam se beijar, com Drácula observando com felicidade ao fundo.

Porém Drácula interrompe com um voraz grunhido. Mas prontamente se desculpa, e deixa os dois as sós. Enfim os dois se beijam.

A câmera faz um corte, onde os dois também estão se beijando, dessa vez, na festa de aniversário de 118 anos de Mavis.

O filme se encerra com um rap sobre o "zing!" (ou "tchan!"). Drácula, Mavis, Jonathan e os amigos de Drácula começam a cantar juntos o rap.

O filme se encerra com todos flutuando nas mesas mágicas, encerrando assim esse filme.

Na sequência Hotel Transilylvania 2 (No Brasil: Hotel Transilvânia) de 2015, a relação entre Jonathan e Mavis evolui para um casamento, já no começo do filme. Nesse dia especial, vários monstros e pessoas foram convidados, incluindo a família de Jonathan. A cerimônia se inicia e Jonathan e Mavis vão para a troca de alianças. Drácula está visivelmente emocionado pela sua filha estar se casando.

Tudo estava indo muito bem, porém na hora do beijo, Drácula comicamente coloca uma cabeça design na frente dos dois, na hora do beijo, e só permite um rápido beijo entre Mavis e Jonathan.

Mavis e Jonathan estavam dançando juntos, quando cada um foi dançar com uma pessoa diferente: Mavis com o seu pai (de ponta cabeça no teto) e Jonathan com sua mãe.

Em seguida, Drácula canta para o feliz casal, uma musica que costumava cantar para Mavis quando era pequena, mas dessa vez, com uma nova versão, felicitando a união entre Mavis e Jonathan.

Logicamente, que Mavis e Jonathan gostaram.

Há uma rápida passagem de tempo no filme, no qual vão para um ano depois. Jonathan e Mavis vivem no Hotel (agora aberto para visitas humanas) e vão aonde Drácula está pintando um quadro. 

Mavis pergunta a Drácula se ele não quer voar com ela, em forma de morcegos, Drácula prontamente aceita. Jonathan parece ansioso e feliz com alguma coisa; Drácula desconfia, mas Mavis diz que não é nada.

Drácula e Mavis começam a voar alegremente pelas nuvens. De repente Mavis e Drácula começam a brincar de esconde-esconde entre as nuvens. No entanto, ela está assentada em uma nuvem, com a respiração pesada. Drácula pergunta se está tudo bem, ela responde que sim e revela que está...grávida! Drácula nem percebe de primeira, mas aí ele pede para Mavis repetir, provavelmente ainda cético pela gravidez de sua filha. Então Mavis revela o seu ventre!

Tomado de surpresa e alegria, Drácula voa diretamente para cima e rompendo as nuvens, grita com muita felicidade que "vou ser vovô!!!".

Mais tarde, Jonathan acaricia o ventre de Mavis (que está em repouso), muito ansioso pela chegada do seu filho, ou filha.

Mais uma rápida passagem de tempo acontece no filme, e após nove meses, numa exata sexta-feira dia 13, nasce um menino saudável. Não se espantem com a enfermeira na imagem abaixo, é apenas Drácula disfarçado de enfermeira.

Os Mavis e Jonathan decidem chamar o menino de Dennis, nome do avô paterno de Jonathan. Acontece outra passagem de tempo no filme, no dia do aniversário de 1 ano de Dennis.

As primeiras palavras de Dennis são ditas, para a alegria de Drácula. Só que ele se frustra um pouco quando o Dennis diz "blah, blah, blah", curiosamente sendo essa uma referência direta ao próprio Drácula, sendo uma marca registrada dos fãs de Drácula, pelo fato do seu falatório extenso.

Mais uma vez, acontece outra passagem de tempo no filme (a maior de todas até agora, e a ultima também). Dessa vez, se passam 4 anos, e Dennis agora é um saudável garotinho de 5 anos. Drácula ainda acreditava que Dennis tinha habilidades de vampiro, mas até então nada mostrava isso, pelo contrário, Dennis parecia ser um garotinho normal. Enquanto Dennis ficava com o seu avô Drácula, Jonathan e Mavis tinham que viajar para a terra onde Jonathan nasceu: Santa Cruz, na Califórnia, para visitar os pais de Jonathan. Mavis estava pensando em se mudar com Jonathan e Dennis para a cidade, para que Jonathan tivesse uma infância normal, como qualquer outra criança de sua idade, ao lado de crianças humanas, apesar de Jonathan e Drácula serem contra essa ideia.

Uma vez lá, Mavis estava adorando tudo, inclusive demostrando sua incrível habilidade em uma bicicleta em rampas e até em um fio de eletricidade. Só que algo estava incomodando ela. Mavis explica que ela estava se sentindo estranha (principalmente com o tratamento estranho dos pais de Jonathan, apesar da boa intenção deles). Ela diz a Jonathan que seria melhor para Dennis crescer em Santa Cruz, para ele não se tornar - segundo palavras dela - uma aberração, como ela. Jonathan consola Mavis, dizendo que ela que ela não é uma aberração. Ele diz que ela é cheio de vida e curiosa sobre tudo, e que, se Dennis crescer igual a ela, se tornaria o pai mais sortudo do mundo. 

Mavis sorri e já se sentindo melhor, diz a Jonathan que ela o ama, e depois o abraça. Em seguida ela diz que ela, Jonathan e Dennis serão felizes, não importando onde vivam, contanto que estejam juntos. 

Acontece muitas outras coisas no filme, mas como o fico aqui é o casal, vou pular para o final, onde Mavis decide por continuar a viver no Hotel Transilvânia, ao lado dos amigos e da família, onde com certeza serão muito felizes.

Como vocês viram, a relação de amor entre Jonathan e Mavis é longa, mas muito bonita. Desejamos sorte a essa família. Veja esse e os outros 17 casais do Especial Casais de Desenhos Animados Parte 13.1 e 13.2 nos dois links abaixo:
CASAIS DE DESENHOS ANIMADOS PARTE 13.1
CASAIS DE DESENHOS ANIMADOS PARTE 13.2

0 comentários :

Postar um comentário