segunda-feira, 7 de agosto de 2017

O Casal da Semana é:

Olá para todos! Pela sexta semana, vamos com mais uma edição do "Casal da Semana - 5ª Temporada". Semanalmente em todas as segundas, será escolhido um casal entre os 22  do Especial Casais de Desenhos Animados Parte 15. E hoje já temos esse casal sorteado! O 6º Casal da Semana sorteado é:
As Aventuras do Gato de Botas - Gato e Dulcinea

ATUALIZAÇÃO FINAL EM 06/02/2017 ÀS 18h02
O felino mais amado do mundo, Puss in Bots (no Brasil o seu nome foi obviamente traduzido para Gato de Botas) é o principal protagonista de sua série própria intitulada de “As Aventuras do Gato de Botas” que esteve em produção entre 2015 e 2018. Em sua antiga vida passada, Puss era um fora da lei, um nômade, um espírito livre. Ao passar a viver em San Lorenzo, ele jurou proteger a cidade de qualquer ameaça. Ele sempre honrou três regras próprias: 1) Salvar e ser gentil com donzelas e senhoras; 2) Sempre procurar uma boa aventura e 3) Ser gentil com os órfãos. No coração de Puss, bate um desejo incansável de sempre fazer justiça e trilhar os caminhos do bem.  Ele é uma alma bondosa que ajuda aqueles em necessidade e ele afirma que há três coisas que ele ama acima de tudo: ação, aventura e proteger aqueles que ele se preocupa. Puss é muito hábil em luta, faz saltos longos e é um excelente espadachim. Há momentos em que ele pode ser insensível, um pouco impaciente e quando erra, dificilmente aceita que errou, mas cada vez mais ele vem conseguindo controlar e corrigir esse e outros defeitos, graças a Dulcinea. Ele também se orgulha de ser um herói do povo e não gosta da ideia de ser um mero ajudante. Ele também pode demonstrar um lado mais ciumento, especialmente quando outros homens e gatos tentam cortejar ou ser gentis com Dulcinea, pois obviamente é o seu interesse amoroso na série, sempre a protegendo de qualquer ameaça. Embora ele não goste de admitir isso, ele tem um forte medo de cães, característico de sua espécie. Ele também tem um medo de abelhas. 

No ultimo episódio da série, Puss passa a viver novas aventuras fora de San Lorenzo ao lado de Dulcinea.

Puss usa um par de botas pretas, possui a cor de seus pelos na cor alaranjada, com vários tons de branco e preto misturados, olhos amarelos, um chapéu preto com uma pena amarela além de seu cinto com sua famosa espada.

Dulcinea é uma típica jovem doce e gentil que adora crianças e possui com coração que transborda gentileza, simpatia e otimismo. Ela é professora dos órfãos de San Lorenzo e seu amor por elas é tão grande, que na série quase deu a vida por elas.  Por ser um pouco inocente e ingênua, ela tende a confiar facilmente em qualquer pessoa, apesar de ultimamente perceber que nem todas as pessoas são boas. Sua confiança pode ser explicada pelo fato de que nasceu e cresceu em San Lorenzo, que costumava ter uma formula magica que afastava qualquer invasor ou pessoas de mau coração. Ela é uma gata culta, inteligente e dedicada às pessoas que ama. Por ser a melhor amiga de Puss, está implícito que os dois se amam. No episódio 15 da primeira temporada, Puss teve que abandonar a cidade por causa de uma maldição. Em seguida, Dulcinea gritou para Puss “Não, você não pode me deixar”. Talvez o seu maior medo seja de fato perder o seu amado. Talvez devido aos seus ensinos para as crianças, ela tende a dar respostas as mais difíceis questões da vida, através de frases com rimas vidas do seu inseparável livro Wee Compendium. Ela é independente e muito inteligente, mas tende em alguns momentos a ser meio teimosa e tende também a (raramente) se irritar com algo ou alguma coisa. Mas mesmo com outros pequenos defeitos, Puss sempre afirma algo que é verídico: “Dulcinea e a pessoa mais pura que eu [Puss] já conheci”. No decorrer da série, Dulcinea demonstra habilidades em luta, especialmente seu soco que talvez seja sua maior habilidade, além de ser tão ágil em velocidade e na espada assim como o Gato de Botas.

No último episódio da série, Dulcinea passa a viver ao lado do seu amado Gato de Botas e juntos passam a ter novas aventuras fora de San Lorenzo.

Dulcinea é uma adorável gata branca de belos olhos azuis. Usa um vestido com camisa branca e colete roxo com entalhes transversais. Calca um par de botas marrons e sempre está acompanhada do seu livro de frases com rimas. 

No ultimo episódio, Dulcinea passa a usar uma roupa semelhante a uma armadura com tons escuros e claros de marrom, botas marrons e um capacete de cobre.

Puss e Dulcinea são grandes amigos, mas com o passar dos episódios, fica claro que ambos tem uma forte ligação que vai muito além de uma amizade. Um é confidente do outro em varias ocasiões e quando uns dos dois correm perigo, estão dispostos a fazer quaisquer sacrifícios pelo bem estar um do outro.

Ambos se conheceram no primeiro episódio da primeira temporada da série animada “As Aventuras do Gato de Botas”. Em “A Joia Oculta”, Puss a observou de longe, e logo se sentiu atraído pela beleza de Dulcinea.

Logo ele também observa que alguns ladrões estão na intenção de rouba-la. Logo Puss se apresenta e afirma que ninguém ousará fazer mal a aquela gata.

Obviamente não foi nada fácil, mas graças as já descritas habilidades de luta de Puss, ele derrotou todos os bandidos. Depois de resgatá-la, ele a ajuda a comprar um pouco de seda, mas fica preocupado com os perigos que Dulcinea poderia passar ao voltar para a cidade onde mora. Puss a segue pelo deserto e através de um portal escondido para a cidade lendária de San Lorenzo. Estando lá os dois se reencontram e Puss ainda está preocupado com os perigos que Dulcinea poderia sofrer. Então ele decide leva-la a um lugar mais seguro em San Lorenzo.

Dulcineia achou tudo aquilo um máximo.

Dulcineia confia que Puss é de fato um gato de bom coração, pois precisaria disso para entrar na cidade de San Lorenzo. Ela decide mostrar a cidade para Puss para que ele conhecesse um pouco do povo e dos seus moradores, além do medroso prefeito. Em um determinado instante, Dulcineia gentilmente pergunta a Puss se ele está mais feliz agora. Ela segura em uma das patas do Puss. E sorri e reponde que está “um pouco”.

Em seguida, Dulcinea mostra a Sala do Tesouro da cidade para Puss. Porém Puss rouba uma moeda de lá, e isso ocasiona a quebra do feitiço que mantinha a cidade livre, segura e isolada do resto do mundo. Daquele dia em diante, ele decide morar em San Lorenzo e protege-la de qualquer mal. A população comemorou e sem seguida Gato perguntou para Dulcinea se isso tinha sido bacana, ao qual ela gentilmente segurou novamente uma das mãos de Puss e respondeu que tinha sim sido muito bacana. 

Em “A Esfinge”, Puss acidentalmente deu aos órfãos uma substancia magica que ia fazê-los explodir. A única cura era guardada por uma esfinge que desafiara Puss com charadas. No fim, gato consegue fazer com que a esfinge se torne sua aliada e consegue salvar a tempo a vida dos órfãos. Repleta de felicidade, Dulcinea agradeceu Puss com um abraço. 

Em “A Aventura”, Puss sente falta dos velhos tempos de aventura com o seu velho amigo Jack Sprat. Com medo de que Puss deixasse a cidade, Dulcinea gentilmente planeja uma super aventura especial de surpresa para Puss, com a ajuda dos órfãos.

Em “As Fontes”, Puss fica chocado ao saber que o seu velho mestre Luva Branca estava se aposentando, devido a sua velha idade. Para evitar que isso não acontecesse Puss, Dulcinea e o mago de San Lorenzo chamado Artephius, saíram em busca da fonte da juventude. Mas notamos que quando Luva Branca se apresentou a Dulcinea de forma gentil, Puss demonstrou ciúmes pela primeira vez. Luva Branca havia percebido isso e lembrou a Puss que quando todos haviam sidos atacados enquanto buscavam a tal fonte, Dulcinea se preocupou com Puss, e não com o Luva Branca.

Em “As Botas”, enquanto fazia um teste de velocidade, Puss recolheu flores de uma curta e impressionante marca de tempo e deu-as para Dulcinea.

Em “Os Porcos”, uma festa foi feita em homenagem ao herói da cidade: Puss in Bots. Na festa, Puss e Dulcinea dançaram juntos. Vimos que não foi só Puss que demonstrou ter habilidades em dança, mas sim a própria Dulcinea.

Em “Má Sorte”, uma Goblin enfeitiça Puss com uma terrível má sorte ao transformá-lo em gato preto. Sem ter alternativas, Puss vai embora de San Lorenzo, especialmente porque sem intenção, quase machucou Dulcinea. Quando Puss anunciou que ia deixar a cidade, Dulcinea disse que ele “Não poderia fazer isso comigo”, demonstrando que amava Puss e que iria sentir muito s sua saída. Perto do fim do episódio, quando Puss retorna sem a má sorte, Dulcinea foi a primeira a recepciona-lo, com um abraço.  

Uma das maiores provas de amor de Gato em relação da Dulcinea, foi demonstrado em “Cimitarra”. Uma espada do mal deveria guiar Puss a uma vara mágica. Só que quem tocasse na espada, automaticamente iria se corromper e se tornar mal. Puss recorre à pessoa mais pura da cidade, em sua opinião, que é Dulcinea. Ela fica receosa sobre a escolha de Puss, temendo que ela possa se corromper e fazer mal a ele, mas ele a consola dizendo que Dulcinea é de fato “o ser mais bondoso, gentil e virtuoso que eu [Puss] já conheci, e que não tem nenhum pingo de mal em você [Dulcinea]”. 

Mesmo ainda um pouco receosa, ela topa ajudar. Por mais que a espada tentasse corromper Dulcinea, ela usava seu otimismo e uma canção alegre para não se corromper. Por mais que Dulcinea lutasse bravamente para se manter boa, a espada após muito esforço foi capaz de corromper Dulcinea para o mal. Dulcinea havia atacado Puss com a Cimitarra, mas Puss se recusava a ferir Dulcinea, pois acreditava que ela iria se libertar da corrupção da espada. Quando estava prestes a matar Puss, Dulcinea resistiu a corrupção maléfica da cimitarra e errou o golpe. 

Logo em seguida, Dulcinea desmaiou e aparentemente perdeu a sua vida. Puss a segurou em seus braços e a chamou pelo nome, numa tentativa de tentar despertar Dulcinea.

Porém, por mais que Puss tentasse despertar Dulcinea, ele não obtinha êxito, e já começava a presumir o pior. Profundamente triste, Puss abraçou o aparente corpo sem vida de Dulcinea.

Puss não se perdoava com o erro que havia cometido e implorava para Dulcinea despertar e dizer que estava bem. Logo depois, a abraçou novamente.

Depois de alguns segundos, Dulcinea havia despertado e declarado que “agora sim estava bem”. Obviamente Puss ficou muito feliz.

Em seguida, Puss ergueu Dulcinea pra cima e ambos começaram a rir. O que tinha salvado Dulcinea da corrupção total foi a musica que ela fez e ficou em sua mente desde o começo desse episódio.

A cidade de San Lorenzo precisava urgentemente retomar o seu feitiço de proteção no episódio “Si”. Puss estava desesperado em proteger a cidade a todo custo das ameaças vindouras. Em um momento de grande desespero, quis construir um grande foço em volta da cidade, socando o chão apenas com suas patas. Com toda a sua gentileza e doçura, Dulcinea segurou em uma das patas de Puss, e pediu a ele calma, pois iam pensar em uma solução.

No episódio "Nos Sonhos", Puss, Dulcinea, Duquesa e Artephius estavam a procura da segunda pedra para a coroa que iria funcionar com três pedras no total. Caso o escolhido colocasse a coroa na cabeça, seria capaz de derrotar o Lobo Sanguinário, uma terrível criatura vinda do submundo que iria destruir San Lorenzo e toda a Terra. Só que uma terrível bruxa havia colocado Puss em um sono profundo, para que ela sugasse sua essência vital. No sonho, Puss havia salvo San Lorenzo do Lobo Sanguinário e iria casar com Dulcinea. Foi revelado nesse episódio que um dos grandes desejos de Puss é realmente se casar um dia com Dulcinea.

A verdadeira Dulcinea conseguiu entrar no sonho de Puss e tentou fazer com que Puss acordasse daquele sonho. Puss estava quase morrendo e percebeu que realmente estava sonhando e não conseguia acordar. Enquanto Puss e Dulcinea caiam para a morte certa dentro do sonho, Dulcianea disse para Puss que estava com muito medo. Puss também disse para Dulcinea que estava com medo, algo muito raro de vermos de Puss. Em seguida, Puss segurou em uma das mãos de Dulcinea para a confortar. 

Dulcinea sorri em seguida e antes que caissem, Dulcinea e Puss despertam e ele derrota a bruxa.

Em "O Obelisco", conseguem localizar o obelisco onde o escolhido para derrotar o Lobo Sanguinário deveria tocar para lhe ser atribuído poderes. Todos pensavam que Puss era o escolhido, mas todos descobriram que Dulcinea era a escolhida, pois era o ser de coração mais puro da Terra. Mesmo um pouco frustrado, Puss disse para Dulcinea que estava orgulhoso de Dulcinea ser a escolhida. Dulcinea agradeceu, e disse que tinhas muitas duvidas para tirar, mas que não havia tempo.

Em seguida, Puss e Dulcinea se abraçaram.

Só que ao rocar no obelisco, Puss percebeu que havia algo de errado e correu em direção de Dulcinea. 

Porém segundos depois, ela aparentemente havia sido fulminada. Supostamente morta, Gato entrou em desespero e se culpou pela aparente morte de Dulcinea. Porém, Artephius havia consolado Puss. 

Logo depois, se descobriu que o sacrifício de Dulcineia não ia impedir que o Lobo Sanguinário surgisse, mas sim, iria retornar a vida. Tudo isso foi um plano do bode Uli para fazer com que o Lobo Sanguinário voltasse a vida, enganando Puss e a todos de San Lorenzo.

Em “O Lobo Sanguinário”, descobriu que Dulcinea não havia morrido, mas sim transportada ao Mundo das Sombras. Com a ajuda de um grupo de espíritos protetores  com a aparência semelhante a Dulcinea (só que com os olhos negros) Dulcinea iria voltar a Terra com um amuleto, que rinha o poder de transportar o Lobo Sanguinário para o Mundo das Sombras. Só que isso iria querer um sacrifício de Dulcinea. Ela iria ser transportada junto com o Lobo para Mundo das Sombras e lá ficaria com ele para sempre.

Quando o Lobo Sanguinário estava próximo a dominar Puss e a toda San Lorenzo, Dulcinea retorna, num feixe de luz, com o amuleto em seu pescoço.

Puss mal podia acreditar que estava vendo Dulcinea viva. Feliz, ele tentou ir ao encontro de Dulcinea.

Mas antes que isso acontecesse, o Lobo Sanguinário tentou atingir Dulcinea, que se protegeu com um circulo impenetrável de energia, provavelmente vindo do amuleto.

Dulcinea foi arremessada dentro do circulo para uma parede. Puss foi em sua direção mas notou que Dulcinea não havia se machucado. Ela pediu para que ele distraísse o Lobo enquanto ela chegasse perto e pressionasse o amuleto no Lobo para que o Lobo e Dulcinea fossem transportados para o Mundo das Sombras.

Quando Dulcinea ia conseguir transportar o Lobo, Uli impediu e pegou o amuleto. Mas ao invés de destruír o amuleto, Uli pressionou no Lobo e antes que sumisse com o Lobo para o mundo das Sombras para sempre, ele pediu perdão para Dulcinea, provavelmente arrependido por ter enganado ela, Puss e a todos de San Lorenzo.

No fim do episódio, Piss discursou para todos de San Lorenzo e disse que Dulcinea era amaior heroina de San Lorenzo. Logo depois Puss e Dulcineia se olham de forma carinhosa, depois ficam de mãos dadas e esfregam os seus narizes um no nariz do outro, de forma carinhosa. Em seguida, Puss e Dulcinea ficaram de mãos dadas enquanto Puss de forma empolgada dizia para todos que San Lorenzo estava enfim livre de quaisquer ameaças. Logo, toda San Lorenzo começou a comemorar.

Na 5ª Temporada, no episódio “Porcos e Rosas”, San Lorenzo estava comemorando o Dia de São Torradinho (o equivalente ao Dia de São Valentin ou Dia dos Namorados) e Puss não sabia como convidar Dulcineia para ser “sua torradinha” ou até mesmo como iria presenteá-la. Por sua vez, Dulcinéia também não sabia como convidar o seu amado Puss a ser “seu torradinho”. Quando os dois se encontraram mal sabiam como conversar, pois estavam visivelmente nervosos. 
Mais tarde, Puss estava se preparando para falar algo para Dulcineia, mas devido ao susto, ela acabou socando Puss sem querer. Quando ela pediu desculpas, ajudou a levantar Puss e perguntou se ele estava bem, Puss e Dulcineia se encararam carinhosamente por um instante, antes de desviarem o assunto. 
No fim do episódio, quando Puss ia pedir algo para Dulcinéia, Dulcineia pediu para que Puss fosse “seu torradinho" e em seguida Puss enfim teve coragem de pedir a mesma coisa para Dulcinéia. 
Logo depois, Puss e Dulcineia trocaram suas rosas...
...e ficaram de mãos dadas enquanto observavam o pôr-do-sol. 
Antes que o episódio terminasse, Puss e Dulcinéia encostaram a cabeça um no outro. Nesse episódio, Puss e Dulcineia se tornaram “torradinhos”.
 

Em “Dança com Dingos”, após Puss libertar uma dingo de uma hipnose vinda de uma tornozeleira, essa dingo lambeu Puss por várias vezes, em agradecimento. No fundo da cena podemos notar que pela primeira vez em toda a série, Dulcineia estava com ciúmes. Ela não estava gostando do que estava vendo, pois estava com uma feição de raiva. Mas no fim desse episódio, Puss convidou Dulcineia para dançar.
 

Em “Não lembra de mim?”, Dulcineia organizou um dia especial para Puss. Ela organizou uma festa de “quem sabe” aniversário para Puss. “Quem sabe” é devido o fato de que ninguém sabe que dia Puss nasceu, nem ele mesmo. O problema é que na vila tinha uma espiã vinda do mundo subterrâneo que se disfarçou de órfã. Ela se chamava Li'l Pequeña e apagou memória de todos de San Lorenzo, fazendo todos pensar que Dulcineia era vilã. Quando Puss ia proferir um golpe de espada em Dulcineia ela abriu um livro de desenhos onde Dulcineia estava recebendo uma rosa de Puss. 
Nesse instante Puss teve um flashback de momentos onde Puss e Dulcineia estavam juntos durante a série. 
Após Puss ter sua memória restabelecida, Puss largou a espada e recebeu um abraço de alívio de Dulcinéia. 
Puss declarou para Dulcineia que ela era inesquecível. 
Em seguida, Puss e Dulcinéia ficaram de mãos dadas por um breve momento. 
Em seguida foi revelado que Li'l Pequeña era realmente uma espiã. No fim do episódio, Puss, Dulcineia, Artephius, Toby e o cavalo de Puss atravessaram o vórtex para deter o Rei Cego (Gato de Botas do Mau), o rei do submundo de destruir San Lorenzo.

No penúltimo e ultimo episódio da temporada (“No Mundo Subterrâneo” e “Lugar selvagem”) todos com exceção do Puss ganham superpoderes, mas mesmo assim são derrotados. E coube a Puss derrotar o Rei Cego (Gato de Botas do Mal) com a ajuda rebeldes Zephilim. Com o Rei Cego (Gato de Botas do Mal) temporariamente derrotado, voltou ao poder do Mundo Subterrâneo da Rainha Li'l Pequeña, que voltou a ser do bem graças a remoção de um bracelete que controlava a sua mente. O vórtex finalmente foi fechado mas o povo de San Lozenzo havia pensado que Puss, Dulcineia, Artephius, Toby e o cavalo de Puss haviam morrido e o episódio termina na cena das lápides deles.
No penúltimo e ultimo episódio da temporada (“No Mundo Subterrâneo” e “Lugar selvagem”) todos com exceção do Puss ganham superpoderes, mas mesmo assim são derrotados. E coube a Puss derrotar o Rei Cego (Gato de Botas do Mal) com a ajuda rebeldes Zephilim. Com o Rei Cego (Gato de Botas do Mal) temporariamente derrotado, voltou ao poder do Mundo Subterrâneo da Rainha Li'l Pequeña, que voltou a ser do bem graças a remoção de um bracelete que controlava a sua mente. O vórtex finalmente foi fechado mas o povo de San Lozenzo havia pensado que Puss, Dulcineia, Artephius, Toby e o cavalo de Puss haviam morrido e o episódio termina na cena das lápides deles.

No especial “Gato de Botas – Preso em um conto épico” de 2017, mostrou Puss em várias aventuras em conhecidas fábulas/histórias infantis, dentre elas, Branca de Neve e os Sete Anões. A Rainha Má (interpretada por Dulcinea, com uma coloração de olhos –roxa – diferente da habitual) estava chateada por não ser de fato a mais bela. Puss pegou em uma das mãos da Rainha (Dulcinea) e disse que não era para ela ligar para as palavras do espelho, pois ela era o ser mais belo que ele já tinha visto na vida.
Ao ouvir isso, a Rainha Má (Dulcinea) ficou muito feliz, e achou fofa as palavras ditas por Puss.
Para encerrar aquela história, Puss e a Rainha Má (Dulcinea) deveriam se beijar. Após uma pequena enrola de Puss, a Rainha Má (Dulcinea) pegou no rosto de Puss e o beijou. 
Foi o primeiro beijo entre Puss e Dulcinea desde o início da série animada. Em seguida foi mostrado um clip com momentos românticos entre Puss e a Rainha Má (Dulcinea).
E a cena de beijo se encerrou com Puss nos braços da Rainha Má (Dulcinea) enquanto ainda se beijavam.

sexta e ultima temporada da série reservou aos fãs do casal Puss e Dulcinea muitas revelações e mais cenas românticas entre os dois. Em “A Pantera Escarlate”, Puss perdeu as suas famosas botas para uma pantera que dizia ser o dono legítimo delas, ao dizer que tinha sido roubado quando era criança. Os fatos apresentados foram suficientes para enganar Puss que teve que dar suas botas. Porém isso era apenas um plano da pantera que apenas queria assustar os bandidos, dizendo ter matado Puss, sendo a prova disso as botas de Puss. Puss descobriu isso através de Pajuna e de Dulcinea. Puss derrotou a pantera e voltou a ser o Gato de Botas. Com isso, Dulcinea abraçou Puss, pois estava feliz com o retorno ao normal de Puss
Em seguida, com Dulcinea ao seu lado, Puss mandou que os bandidos levassem a Pantera Escarlate para longe de San Lorenzo 
 

Em “Pajuna Convoca os Espíritos”, quando Dulcinea foi possuída por espíritos, Puss se recusou a lutar com Dulcinea pois “não queria tocar em nenhum dos pelos da linda cabeça de Dulcinea”. Devido o amor que Puss sente por Dulcinea, o espírito mal deixou o corpo dela e tomou sua verdadeira forma na frente de Puss e Dulcinea: um peixe gigante

Para salvar as suas vidas, Dulcinea teve um plano e fez com que Puss fosse supostamente comido pelo espirito. Logo depois, Puss e Dulcinea voltaram para San Lorenzo sãos e salvos. Em seguida, Dulcinea perguntou para Puss se ele realmente a achava Linda, e Puss após gaguejar, confirmou que sim. 
Ao ouvir isso, Dulcinea pegou em uma das patas de Puss e ambos se olharam por um instante. 
Puss e Dulcinea iam se beijar, porém a população de San Lorenzo o ergueram para o alto como heróis daquele dia.

Em “Como uma Raposa”, Puss estava com ciúmes de um grande aventureiro chamado João Raposo, no qual Dulcinea era uma grande fã já que tinha o livro de aventuras dele. Desde o primeiro episódio, estava bem claro que Puss nutria sentimentos por Dulcinea, e gostaria que ela finalmente fosse sua namorada.  Isso estava muito obvio para Pajuna, Senhora Zapata e para a Duquesa, que o aconselharam a não sentir ciúmes. Puss criou coragem e finalmente ia dizer para Dulcinea que a amava, quando um estranho e rápido terremoto aconteceu em San Lorenzo. Quando o tremor passou, Puss e Dulcinea estavam abraçados. 

Quando Puss e Dulcinea se soltaram, Puss novamente tentou dizer a Dulcinea que a amava, mas outra vez foi interrompido, dessa vez pela chegada do incrível João Raposo, que estava visitando San Lorenzo. João demonstrava ser tão ágil e habilidoso com uma espada, do que o Puss, que estava que naturalmente estava com ciúmes enquanto João batia em um grupo de ladrões . A pior parte para Puss foi ouvir de João que havia convidado Dulcinea para acompanha-lo em sua próxima aventura. Dulcinea ainda não tinha aceitado (para alívio de Puss). Dulcinea tinha até o dia seguinte para se decidir. 

Dulcinea pediu a opinião de Puss, já que segundo ela, “todas as pessoas que amo estão em San Lorenzo”. Puss respondeu (mentindo) para Dulcinea que ela devia ir. Dulcinea estranhou, pois pensava que Puss iria dizer que ela ficasse. Dava pra perceber o olhar de decepção de Dulcinea e de tristeza de Puss, mas nenhum deles teve coragem de dizer para o outro que se amavam. 

Em seguida, de coração partido, Dulcinea aceitou o convite de João. A noite, Puss e João estavam conversando em volta de uma fogueira. João estava pensando em fazer um festa surpresa de despedida para Dulcinea. Puss disse que tinha que ser algo muito especial, pois segundo ele: “Dulcinea é uma gata muito especial e merece a melhor das festas surpresas”. Depois, Puss continuou, dizendo que Dulcinea é a gata “mais generosa, inteligente, durona , doce e adorável” que já tinha conhecido, que ela era “corajosa e boa” e que “merecia toda felicidade, mesmo que essa felicidade signifique que a perca para sempre”.

No dia seguinte, na festa de despedida, João descaradamente repetiu para Dulcinea as mesmas coisas que Puss tinha falado na noite anterior, como se João tivesse pensado naquelas palavras. Toby havia percebido isso e foi contar imediatamente para Puss. Quando João ia colocar Dulcinea em seu cavalo, a surpresa aconteceu: Dulcinea recusou o convite, pois toda a aventura que ela precisava estava ali em San Lorenzo. Em seguida, os ladrões do dia anterior estavam querendo um dinheiro que João tinha prometido dar para eles, como trato de fingir estarem apanhando para João. João admitiu para Dulcinea que as suas histórias de heroísmo era pura invenção. Dulcinea ficou furiosa. Os ladrões decidiram então roubar San Lorenzo para saudar a dívida de João.

Enquanto isso, Puss estava deixando a cidade, pois para ele não tinha mais nada para ele lá, já que ele pensava que Dulcinea havia ido embora com João. Toby foi atrás de Puss para convencê-lo a ouvir o seu coração. Puss estava convencido que não podia perder Dulcinea para João e voltou para a cidade. Então, Puss e Dulcinea derrotaram juntos o grupo de ladrões. 
Toby fez cócegas em João para que confessasse que havia roubado as palavras poéticas de Puss. João assim confessou. Dulcinea ficou confusa e pensou que Puss quisesse que realmente ela fosse embora com João. Puss disse para Dulcinea que apenas não queria parecer ciumento e confessou que nunca queria que ela partisse. Com a partida de João, Dulcinea estava visivelmente decepcionada com o seu "herói dos livros". Mas Puss em seguida disse que havia conhecido sua heroína, e que ela era um máximo. Puss obviamente estava se referindo a Dulcinea, que ficou feliz ao ouvir isso.
 
Esse episódio terminou com Puss e Dulcinea de mãos dadas.

Puss e Dulcinea continuaram a combater e a derrotar juntos todos os ladrões que ameaçassem San Lorenzo. Na cenas abaixo, Puss e Dulcinea estavam se preparando para dar um giro especial. 
 
Mas essa sucessiva rotina estava cansando Puss e Dulcinea. Então em “Não é um Encontro”, Puss e Dulcinea decidiram tirar férias no lago, por sugestão dos próprios ladrões que foram derrotados. Puss e Dulcinea ficaram animados com a ideia. 
Todos os habitantes da cidade pensavam que era um encontro, mas Dulcinea e Puss diziam que não era um encontro. Toby acabou tendo a ideia para que todos fossem para o lago, já que não era um passeio romântico. Mesmo comendo cebolas, Puss olhou para Dulcinea e ela estava radiante. Em seguida, Puss e Dulcinea estavam se olhando romanticamente e estavam muito próximos de se beijar, quando Toby os interrompeu.
 
Quando Toby foi embora, outra vez Puss e Dulcinea tentaram se beijar, mas foram interrompidos pelo Inhames e pelos demais habitantes de San Lorenzo.
 
Quando enfim conseguiram um tempo a sós em uma caminhada, Puss enfim admitiu para Dulcinea que queria que aquela viagem fosse uma “escapada romântica” (ou primeiro encontro) para eles dois, mas que ficou com medo de admitir pois não queria prejudicar o relacionamento entre eles dois. 
Mas Dulcinea logo tentou animá-lo, dizendo que estavam sozinhos agora. Porém, quando finalmente estavam a sós, Puss e Dulcinea foram pegos por El Moço (que estava mais maluco do que de costume) e seus capangas. Mas os capangas de El moço acabaram pedindo ajuda para a população de San Lorenzo para resgatar Dulcinea e Puss, pois o jeito louco de El Moço estavam assustando eles. Mas enquanto estavam presos, Dulcinea e Puss estavam se divertindo, pois finalmente tinham ficado um tempinho a sós. Eles estavam imitando alguns dos habitantes de San Lorenzo.

Porém, tiveram que sair “das férias” para derrotar El Moço, que apesar de maluco, estava mais forte, e os habitantes de San Lorenzo não estavam conseguindo derrota-lo. 
Na parte final do episódio, Puss e Dulcinea enfim tiveram o primeiro encontro que tanto queriam .
Puss estava feliz por ter enfim um momento perfeito com Dulcinea (21:45).
 

Dulcinea brincou com Puss, perguntando se ele queria uma cebola, mas Puss disse que aquele momento estava reservado para outra coisa. Enquanto falava isso, Puss se encantou novamente pela aparência de Dulcinea e olhou fixamente para os olhos azuis dela. Dulcinea também estava sentido o mesmo ao olhar para Puss.
Puss e Dulcinea estavam mais uma vez próximos a se beijarem, quando novamente o terremoto surgiu causando mais um estranho tremor.

Os terremotos continuam no episódio “Gato a Bordo” e Puss estava disposto a resolver esse problema, mas ele teve que primeiro resgatar o capitão pirada Alonzo da Ilha da Morte. Com o resgate bem sucedido, Puss pode voltar para San Lorenzo, para tentar solucionar os terremotos que ficaram piores. 

Em “Todos Saúdem o Gato”, Puss pediu a ajuda dos deuses que lhe concederam poderes divinos. Mas Puss ficou arrogante e até mesmo Dulcinea ficou furiosa com Puss. Mas os seus poderes foram retirados para que não se matasse. Porém um dos deuses conseguiu paralisar o terremoto por um tempo. Puss no começo ficou furioso por Dulcinea ter pedido para os deuses tirarem os poderes do gato, porém, ele agradeceu por tudo. No fim do episódio, a rainha do submundo enviou uma mensagem para Puss dizendo que o portal está instável e que San Lorenzo será destruída em menos de um dia caso nada seja resolvido. O episódio terminou com Puss e Dulcinea de mãos dadas mas preocupados com a iminente destruição de San Lorenzo. 
 

No penúltimo episódio da série de nome “O que foi feito”, Puss e Dulcinea estavam abraçados e tentavam pensar em algo para que o mundo não fosse destruído. 

Puss, Dulcinea, Artephius e a globbin Malvina partem para a Cidadela Proibida com a missão de encontrar o Grande Mago Sino, que foi o criador de San Lorenzo. Porém, libertaram o gênio mal de Artephius que prometeu dominar o mundo. Porém o próprio Artephius foi capaz de derrota-lo. Artephius e a globbin Malvina era a chave para Artephius e o seu irmão do mal serem novamente um e se transformarem no poderoso Mago Sino.

No ultimo episódio da série de nome “Não pode ser desfeito”, o Grande Mago Sino revela a única forma de salvar a cidade. Primeiro de tudo Sino, Dulcinea e Puss tiveram que procurar uma pedra mágica chamada Arcanum. A pedra transformou Dulcinea numa guardiã da pedra. Puss teria que derrota-la, mas ele foi incapaz de ferir Dulcinea, pois a amava. A guardiã tentou destruir Puss foi um feixe de luz poderoso que saiu de seu bastão, mas Dulcinea tomou controle de seu corpo e voltou a si. Mas Puss já estava morto. Dulcinea chorou encima do corpo de Puss. 

Dulcinea implorou para Sino trazer Puss de volta a vida. Sino tentou mas nem com  o Arcanum isso foi possível. Dulcinea pegou o corpo de Puss em seus braços e finalmente declarou que o amava. 

Em seguida, Dulcinea beijou Puss.
 
Esse beijo despertou uma luz sobrenatural que surgiu do corpo sem vida de Puss. 
Em seguida, Puss milagrosamente voltou a vida e estava feliz por ter beijado Dulcinea pela primeira vez. Puss foi calorosamente abraçado por Dulcinea que o perguntou como havia voltado a vida. 
Sino respondeu que o amor é a única coisa mais forte do que a magia. Em seguida, Dulcinea pediu desculpas a Puss por tê-lo matado. Puss respondeu que não tinha problema, e os dois se abraçaram novamente. 
 
Enquanto isso, o terremoto abriu fendas em toda a Terra. A destruição estava iminente quando Sino retirou San Lorenzo da Terra e a salvou de toda a destruição. A Terra foi destruída, mas tinha um jeito de restaurá-la. Porém, o preço seria alto: Puss teria que deixar San Lorenzo. Puss teria que voltar no tempo e não entrar em San Lorenzo. Todas as pessoas da cidade iriam esquecer Puss, inclusive Dulcinea.  Todas as aventuras de Puss em San Lorenzo seriam apagadas, como se nunca tivessem acontecido. Puss apenas pediu que as lembranças de San Lorenzo e de suas aventuras na cidade não fossem deletadas de sua memória. Sino assim consentiu. Puss se despediu de todos e deixou Dulcinea por ultimo.
Puss declarou que o mundo sem Dulcinea ao seu lado passaria a ser solitário. 
De mãos dadas com Puss, Dulcinea falou que não conseguiria suportar a falta de Puss, mas Puss respondeu que ela conseguiria, pois era necessário. 
 
Em seguida, Puss declarou que amava Dulcinea. 
Dulcinea e Puss deram um ultimo beijo antes que Puss sumisse da vida dela e de todos os habitantes de San Lorenzo para sempre. A comoção foi total, e toda a cidade chorou a partida de Puss. 
 
Em seguida, Dulcinea disse para Sino que ainda tinha um pedido para realizar para ela. Sino assim confirmou, porém ainda não foi revelado para os telespectadores. Em vez disso, a cena foi para o exato momento que Puss estava espiando escondido atrás de um rochedo, enquanto observava a entrada secreta de San Lorenzo, assim como aconteceu no primeiro episódio. Puss pensou em todos os momentos que passou em San Lorenzo, e decidiu cumprir a promessa de nunca entrar em San Lorenzo.

Momentos depois, Puss estava deprimido bebendo um copo de leite no mercado dos ladrões. Sem querer ele chamou o ladrão que o serviu de Pajuna. Quando de repente uma voz doce, feminina e familiar o corrigiu. Puss virou as costas e a Dulcinea (com a memória es as lembranças também intactas). Puss não podia acreditar no que estava vendo.
 
Dulcinea desistiu de tudo para ficar ao lado do seu amado Puss e ser daquele dia em diante o companheiro de aventuras de Puss. Dulcineia perguntou para Puss se ele estava pronto para uma aventura. Puss sorrindo e animado, acenou com o rosto que sim.
Puss e Dulcinea decidiram viver novas aventuras juntos, sendo esse o favor que Sino concedeu a Dulcinea. A serie terminou com Puss e Dulcinea cavalgando juntos (sorrindo um para o outro) para uma nova aventura, em direção ao pôr-do-sol. 

O nosso herói agora não é mais um herói solitário. Agora ele pode continuar a ter suas aventuras ao lado do seu amor verdadeiro: Dulcinea. Um amor que nem o tempo, dimensões ou a morte foi capaz de apagar.

Veja esse e os outros 21 casais do especial Casais de Desenhos Animados Parte 15 no link abaixo:

0 comentários :

Postar um comentário