sexta-feira, 18 de maio de 2018

África do Sul>>Marido de sul-africana morta com 17 facadas diz que ela cometeu suicídio

Lindiwe Sibiya
Foto: Reprodução da internet
NOTÍCIA - O marido de uma mulher encontrada morta com 17 facadas apresentou uma versão que deixou a polícia estarrecida: segundo ele, Lindiwe Sibiya cometeu suicídio.

Lindiwe, que tinha 31 anos, foi achada coberta de sangue na residência do casal, em Lephalale (África do Sul). Prince Khumalo, de 39 anos, negou qualquer envolvimento e se defendeu dizendo que ele e Lindiwe haviam acabado de retornar de uma segunda lua de mel.

Amigos de Lindiwe declararam a investigadores que o relacionamento estava bastante deteriorado e que Prince tinha um comportamento abusivo. Segundo os amigos da vítima, Lindiwe queria pôr um fim ao casamento, mas temia uma agressiva retaliação.

Raymond Shabalala, tio de Lindiwe que identificou o corpo, disse que a cena da morte parecia a de uma vaca abatida.

"Havia sangue por todas as partes da casa", disse ele, segundo o "Mirror", acrescentando ter recebido uma ligação da sobrinha logo após a volta da lua de mel. Ela estava chorando ao telefone.

Prince foi preso e depois liberado após pagar fiança. Ele afirmou que, no dia da morte, teve uma briga com a esposa. Depois, continuou, ele trancou Lindiwe em casa e levou os filhos até a casa de um parente em Johannesburgo. Ao regressar, encontrou a companheira morta.

O viúvo ainda não foi indiciado.

0 comentários :

Postar um comentário