terça-feira, 31 de julho de 2018

O Casal da Semana é:

Olá para todos! Pela quarta semana, iniciamos a nova temporada (6ª Temporada) do "Casal da Semana - 6ª Temporada". Semanalmente em todas as segundas, será escolhido um casal entre os 20 do Especial Casais de Desenhos Animados Parte 16 [CONFIRA AQUI]. E hoje já temos esse casal sorteado! O 4º Casal da Semana sorteado é:

Liga da Justiça: Sem Limites – Arqueiro Verde e Canário Negro

Na série animada “Liga da Justiça: Sem Limites” (Justice League Unlimited, no original) que foi produzida entre 2004 e 2006, Arqueiro Verde (nome civil: Oliver Queen, apelidado de “Ollie”) é um dos integrantes da Liga da Justiça. Seu grande senso de justiça e de preocupação com a sua comunidade talvez seja a maior característica desse herói, que na maioria das vezes demonstra ser calmo e de fala inteligente, além de bem articulado quando necessário. O fato de não ter poderes não o impediu de ser um justiceiro de grande habilidade em acrobacia, exímio lançador de flechas em seu arco e avançado em luta corporal. Em sua vida comum, ele é um bilionário de sucesso.

Ele usa uma roupa inspirada no personagem Robin Hood, só que mais despojada e moderna, em tons escuros e claros de verde, um chapéu da mesma cor, luvas, calça e botas também seguindo a mesma palheta de cores. Ele possui a pele um pouco bronzeada, olhos pretos e cabelos loiros, assim como sua barba e bigode.

Canário Negro (nome civil: Dinah Lance) também pertence a Liga da Justiça. Ser bonita e atraente é algumas de suas características, que acaba naturalmente iludindo o vilão, pois Canário possui excelentes habilidades em artes marciais, ao ser treinada pelo Pantera quando mais jovem e seu característico grito supersônico. Na companhia de Arqueiro Verde se mostra concentrada e seria em seu objetivo, porém quando não estão em missões, demostra ser amorosa com ele.

Ela usa um collant negro azul escuro, até a altura de deus peitos, um bolero de manga em um tom mais claro, botas escuras e um colar escuro em seu pescoço. Seus cabelos são loiros, pele clara e olhos azuis. Por ser um pouco vaidosa, usa sempre um batom vermelho escuro em seus lábios.

Arqueiro foi convidado para integrar a Liga no primeiro episódio de nome “Iniciação”, mas apesar dos pedidos, ele sempre recusava, pois estava preocupado em não poder mais ajudar a população. Porém, a pedido do Batman, ele auxilia Lanterna Verde, Capitão Átomo e Supergirl em uma luta contra um monstro nuclear desonesto, Brimstone, em Chong-Mi. Após vencer a ameaça, Arqueiro ainda fica indeciso, mas ao observar uma bela heroína chamada Canário Negro ajeitando sua bota, ele disse que ia pensar.

Em “O Pantera e a Canário”, Arqueiro Verde estava treinando, dando socos em um saco de pancadas. Em seguida, Canário Negro apareceu e se apresentou ao rapaz.

Canário se ofereceu para lutar contra o Arqueiro, em forma de treinamento. Arqueiro aconselhou a garota que ela tinha que se concentrar melhor, depois que ela tentou efetuar um golpe.

Enquanto imobilizada, Canário colocou a condição de que se conseguisse se desmobilizar, ele deveria ajuda-la em uma missão na Terra. O Arqueiro havia concordado. Em seguida, a garota conseguiu aplicar um chute que fez com que o rapaz batesse na parede.

A missão era Canário e Arqueiro tentarem descobrir porque o Pantera havia se metido em lutas ilegais. Para isso teriam que entrar na arena de lutas secreta, através de ingressos de um cambista. O ingresso era bem caro (US$ 1000,00 cada). Arqueiro concluiu que Canário só precisava dele por causa do dinheiro, porém, ela negou e disse que o motivo real era que ele era a nunca pessoa na Liga da Justiça que ela podia confiar.

Enquanto a Canário tentava convencer o Pantera a sair das lutas ilegais, podia se perceber que o Arqueiro estava com ciúmes. Pantera sem querer quase machucou a Canário. Arqueiro foi pra cima do Pantera, mas a Canário logo apartou os dois. Em seguida, com raiva, Arqueiro disse que não ia mais ajudar, pois acreditava que ela e o Pantera deveriam resolver isso a sós. Arqueiro pensava que a Canário e o Pantera era mais do que amigos, mas a Canário negou, dizendo que o Pantera simplesmente era como um pai para ela, pois ele havia treinado ela e outros super-heróis calouros no passado.

Com esse mal entendido resolvido, Arqueiro novamente topou ajudar a Canário a convencer o Pantera a abandonar aquelas lutas. A única maneira encontrada foi invadir a luta entre o Pantera e o Caveira. Canário se desculpou com o Arqueiro por colocado ele nesse perigo e ele respondeu que não precisava. A garota colocou a condição de que se vencesse o Pantera em uma luta no ringue, ele estaria livre das lutas para sempre, se ela perdesse, nunca mais iria atrapalhar o Pantera no caminho que ele estava seguindo.
No camarim, o Arqueiro não queria que a Canário se machucasse, então num descuido da garota, ele acabou a desmaiando com um gás que portava em uma de suas flechas. Já no ringue, o Pantera bateu muito no Arqueiro, sendo que a cada soco que recebia, o Arqueiro provocava o seu oponente. O ultimo golpe foi tão forte, que o Arqueiro aparentemente havia morrido. Ao perceber isso, o Pantera finalmente caiu em si e percebeu que o que estava fazendo era errado. O choque foi tão grande que o Pantera finalmente decidiu abandonar as lutas ilegais.

Com o corpo do Arqueiro estendido no chão do ringue, Canário se desculpava com ele, dizendo que aquele gesto foi o mais gentil que o Arqueiro tinha feito por ela. 

Em seguida, com lágrima nos olhos, a Canário beijou o arqueiro. 

Em seguida, ela se desculpou. mas para a surpresa da heroína, o Arqueiro estava vivo. Ele explicou que ele tinha colocado anestesia em seu corpo e ela concluiu que aquilo tinha sido necessário para que o Pantera sentisse o quanto era horrível matar alguém.

Após a Canário destruir a arena de luta, ela, o Pantera e o Arqueiro retornaram para a Torre da Liga. No fim, o Arqueiro convidou a Canário para tomar um café com ele. Ela aceitou.

Em “Casais”, Arqueiro e Canário já estavam em um relacionamento bem sério. Ambos foram convocados pela polícia para proteger Mandrágora, uma testemunha de um crime. Após uma provocação do mesmo, Canário deu um soco no rosto de Mandrágora. Arqueiro e Canário acabaram sendo expulsos da sala e ordenados a vigiar do lado de fora. Canário se queixou de dor na mão e o Arqueiro examinou, rapidamente. 


Em seguida, com os dois vigiando do alto, em uma casa na árvore, Canário e Arqueiro se abraçaram e se beijaram.

Veja todos os 20 casais do especial Casais de Desenhos Animados Parte 16 no ícone abaixo:


0 comentários :

Postar um comentário